O português José Mourinho, treinador do Manchester United, defendeu esta sexta-feira que Paul Pogba “é apenas um jogador e não um capitão”, poucos dias depois de ter retirado esse estatuto ao futebolista internacional francês.

“Quando um jogador é, simultaneamente, capitão, avalio-o desses dois pontos de vista. Após semanas de avaliação eu e a minha equipa técnica decidimos que Paul [Pogba] é apenas um jogador e não um capitão”, explicou Mourinho. O treinador português observou que o médio “é um jogador como os outros”, lembrando Pogba, contratado em 2016 pelos “red devils” à Juventus por 105 milhões de euros, que “nenhum jogador é maior” do que o clube que representa.

Apesar de não considerar Pogba um capitão à altura do Manchester United, Mourinho disse que ficou agradado com a forma como o internacional francês treinou durante esta semana, revelando que jogará no sábado, frente ao West Ham. “Se não estiver contente com o seu trabalho, não jogará. Mas esta semana estou satisfeito, realmente satisfeito. Treinou bem e a equipa precisa de bons jogadores, com personalidade forte: ele tem tudo isso e jogará amanhã [sábado]”, observou o treinador português.

O Manchester United desloca-se no sábado ao estádio West Ham, em jogo da sétima jornada do campeonato inglês, no qual a equipa orientada pelo técnico português ocupa o sétimo lugar, a oito pontos do líder Liverpool.