Rádio Observador

Catalunha

Confrontos entre polícias e independentistas fazem pelo menos 24 feridos em Barcelona

Pelo menos 24 pessoas ficaram feridas e outras duas foram detidas na sequência de confrontos registados nas ruas de Barcelona entre polícias e independentistas, referiram os serviços de saúde locais.

ENRIC FONTCUBIERTA/EPA

Autor
  • Agência Lusa

Pelo menos 24 pessoas ficaram feridas e outras duas foram detidas na sequência de confrontos hoje registados nas ruas de Barcelona entre polícias e independentistas, referiram os serviços de saúde locais.

Os confrontos ocorreram durante duas manifestações diferentes, uma organizada pelas forças policiais espanholas e outra convocada pelos independentistas, que pretendiam assinalar, entre outros aspetos, o primeiro aniversário do referendo de 01 de outubro, marcado pela vitória ao “Sim” à independência da Catalunha.

Os polícias, oriundos de toda a Espanha, manifestaram-se hoje em Barcelona para reclamar melhores salários, mas também para homenagear os agentes que foram destacados em 2017 para impedir a realização da consulta pública de 01 de outubro, motivo esse que indignou os separatistas que organizaram uma contramanifestação.

De acordo com a câmara de Barcelona, cerca de 3.000 pessoas participaram na manifestação das forças policiais e outras 6.000 aderiram à ação dos independentistas. Segundo as agências internacionais, um forte dispositivo da polícia regional catalã, conhecida como Mossos de Esquadra, carregou sobre os independentistas quando estes tentaram atravessar o cordão de segurança e começaram a lançar tinta e objetos.

A 1 de outubro de 2017, o governo regional catalão (Generalitat) então liderado por Carles Puigdemont, apoiado desde 2015 por uma maioria parlamentar de partidos separatistas, organizou e realizou um referendo contestado e considerado ilegal pela justiça.

A consulta pública ficou marcada pela violência exercida pelas forças policiais que tentaram impedir a realização do ato. A votação teve uma taxa de participação de 43%, dos quais 92% votaram “Sim” à pergunta “Quer que a Catalunha seja um estado independente em forma de república?”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Brasil

Em nome do Brasil, peço desculpas /premium

Ruth Manus

Não, eu não elegi este governo. Mas o meu país o fez. Parte por acreditar na política do ódio, parte por ignorância, parte por ser vítima das tantas fake news produzidas ao longo do processo eleitoral

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)