O partido republicano foi um alvo de um ataque informático durante as eleições intercalares deste ano, no qual terão sido roubados centenas de milhares de emails com informação considerada sensível, avança o Politico. O ataque terá sido detetado em abril, por uma empresa contratada pelo National Republican Congressional Committee (NRCC), o braço do partido republicado encarregue das campanhas eleitorais para a Câmara dos Representantes.

Os responsáveis pelo ataque terão tido acesso a centenas de milhares de emails dos dirigentes do NRCC, mas até ao momento esses emails não foram tornados públicos nem terá havido qualquer tentativa de extorsão, de acordo com os responsáveis desta estrutura.

Apesar da importância do ataque, os principais responsáveis do partido – como líder da Câmara dos Representantes, Paul Ryan, o líder os republicanos na Câmara dos Representantes, Kevin McCarthy – não foram informados, acabando por saber do ataque quando foram confrontados pelos jornalistas sobre o assunto.

Os responsáveis do NRCC justificaram-se argumentando que tinham receio que, ao ser tornado público o ataque, seria mais difícil identificar os atacantes.

Durante a campanha eleitoral e já na presidência, Donald Trump criticou duramente os responsáveis do Partido Democrata dizendo que o ataque de que foram alvo em 2016,  que levou à divulgação de milhares de emails dos seus principais responsáveis, foi culpa do partido, que não tomou as precauções necessárias. Para já, o presidente dos Estados Unidos ainda não fez qualquer comentário ao assunto.