Entrou em fase de rescaldo o incêndio numa zona de  mato e pinhal no concelho de Proença-a-Nova, distrito de Castelo Branco, que estava a ser combatido por mais de 200 bombeiros e cinco meios aéreos.

O fogo, que deflagrou de manhã, chegou a lavrar em três frentes na localidade de Chão do Galego. Neste momento, tem uma frente ativa, revelou fonte do Comando Distrital das Operações de Socorro de Castelo Branco ao Observador.

No terreno estão mais de 200 bombeiros apoiados por mais de 60 carros e cinco meios aéreos. Há localidades perto mas por agora não se afigura risco da chegada do fogo às casas, indicou o Comando de Castelo Branco. A expectativa é de que o incêndio “venha a ser dominado” em breve, mas por ora “ainda está ativo” e motiva preocupação, como se percebe pelos meios envolvidos no combate.

Incêndios. Comissão independente apressa Proteção Civil a concluir remodelação e pede critérios “muito exigentes”