Depois da “Baleia Azul” e da “Momo”, eis que chega o novo desafio perigoso difundido pela Internet. Chama-se “Alfabeto do Diabo” e está a levar adolescentes a automutilarem-se, receando serem amaldiçoados e perseguidos, diz o El Mundo esta sexta-feira. O desafio é feito em pares e obriga o jogador a desenhar as letras do alfabeto chinês nas mãos com objetos cortantes, enquanto que o parceiro deve dizer palavras que comecem por essas letras.

O caso começou a dar que falar depois de se terem registado dezenas de casos — cerca de 40 — numa escola nas Astúrias, na Espanha. Mario Prendes, diretor da escola IES Astures, disse a um jornal das Astúrias que o problema surgiu quando os professores começaram a detetar ferimentos nas mãos e pulsos dos jovens: “Um caso poderia ser fortuito, mas quando vimos que a situação se estava a espalhar, decidimos chamar algumas crianças para nos explicarem as feridas. Foi aí que eles nos explicaram que era por causa de um jogo”, disse.

Porém, o caso não é novo. Na mesma escola das Astúrias, há dois anos, um caso semelhante foi reportado por uma mãe no Facebook. No post, a mãe diz que o filho fez os ferimentos porque “um colega pediu que os fizesse para entrar no ‘clube'”. Não há ainda relatos de ocorrências em Portugal.