Rádio Observador

Papa Francisco

Papa Francisco: excluir gays é “não ter um coração humano”

2.643

Numa audiência surpresa no final de um documentário britânico sobre a Fé, um comediante gay fez uma questão ao Papa sobre não se sentir aceite. Francisco disse: "Somos todos seres humanos".

O momento em que o comediante Stephen K Amos conhece o Papa Francisco

British Comedy Guide/YouTube

O comediante britânico Stephen K. Amos teve a oportunidade de ter uma audiência com o Papa Francisco ao concluir uma peregrinação até ao Vaticano para um documentário da BBC. O comediante, que também é ativista pelos direitos dos homossexuais, disse que só estaria presente se pudesse fazer perguntas ao líder da Igreja Católica. Não houve objeção e, na audiência, Amos disse: “Como um homem gay, não me sinto aceite [na Igreja]”, contou ao jornal iNews. Em resposta, Papa Francisco disse: “Somos todos seres humanos e temos dignidade”.

Dar mais importância ao adjetivo em vez do nome, isto não é bom. Somos todos seres humanos e temos dignidade. Não importa quem és ou como vives a tua vida, não perdes a tua dignidade. Há pessoas que preferem selecionar ou descartar pessoas por causa do adjetivo — estas pessoas não têm um coração humano”, afirmou Papa Francisco quando confrontado com a questão de Stephen K Amos.

O comediante afirma que estava muito apreensivo por ter dado as questões em antecipação para estar na audiência, mas sente o Papa respondeu de forma verdadeira e o surpreendeu.

[Um excerto do episódio com o encontro de Stephen K Amos com o Papa Francisco]

Neste encontro que marcou o final do documentário “Pilgrimage: The Road To Rome” [Peregrinação: O Caminho até Roma], estiveram também presentes outros sete comediantes britânicos com diferentes convicções religiosas. Um deles, Les Dennis, ficou emocionado ao falar ao Papa sobre a mãe ter sido excluída da Igreja Católica por ter tido um filho folha do matrimónio. “[o Papa] disse que a minha mãe não pode ser censurada por perder a Fé e abençoou-a”, referiu Dennis ao mesmo jornal.

O último episódio do documentário televisivo da BBC que proporcionou este encontro é emitido nesta Sexta-feira Santa, uma das datas mais importantes na Páscoa para a Igreja Católica.

No Facebook e Twitter, as afirmações de Papa Francisco foram já replicadas, como o caso do padre jesuíta norte-americano James Martin SJ. Este padre, que é um dos principais responsáveis da revista jesuíta “America”, tem defendido uma maior e mais explícita aceitação pela Igreja quanto a pessoas homossexuais e partilhou as declarações.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)