Eleições Europeias

CDS com reforços nas europeias: Paulo Portas, Lobo Xavier e Pires de Lima entram na campanha

760

Paulo Portas tinha prometido apoiar o partido nos combates eleitorais e surgirá na estrada para a semana. Lobo Xavier, Pires de Lima, Adolfo ou Nuno Magalhães também vão aparecer.

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

À medida que a campanha avança, começam a aparecer figuras de relevo a dar apoio e a puxar para cima. No CDS, isso vai começar a acontecer já entre o final desta semana e a próxima, com Paulo Portas a marcar presença ao lado de Nuno Melo na última semana de campanha. Também o histórico militante Lobo Xavier, que é mandatário da candidatura de Melo, o ex-ministro da Economia António Pires de Lima ou o coordenador do programa eleitoral Adolfo Mesquita Nunes vão estar presentes.

Ao que o Observador apurou, ainda não está fechado o dia e o local em que Paulo Portas irá marcar presença, mas é certo que o fará. Essa foi, aliás, uma das promessas que Portas fez quando deixou a liderança do CDS entregue nas mãos de Assunção Cristas: que não ia andar por aí a “chatear”, mas que também não ia abandonar o partido nos momentos de maior combate eleitoral. Ou seja, iria dar um empurrão nas campanhas. Foi o que fez em outubro de 2017, quando apareceu ao lado de Assunção Cristas num dos momentos mais altos da campanha autárquica em Lisboa — e é o que fará na última semana antes das europeias, aparecendo ao lado de Nuno Melo.

O histórico militante e comentador António Lobo Xavier também vai aparecer, assim como o ex-ministro da Economia António Pires de Lima, que já esta quarta-feira andou ao lado de Nuno Melo no mercado de Cascais, mas que vai voltar a aparecer mais à frente na campanha. Adolfo Mesquita Nunes, que saiu da vice-presidência do CDS depois de ter entrado para a administração da Galp, também estará presente, assim como muitos deputados considerados mais emblemáticos: Nuno Magalhães estará em Setúbal, Telmo Correia, João Almeida e Cecília Meireles vão aparecendo também (os dois últimos já discursaram ao lado de Melo em Rio Maior e em Coimbra).

Oiça as melhores histórias destas eleições europeias no podcast do Observador Eurovisões, publicado de segunda a sexta-feira até ao dia do voto.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rdinis@observador.pt
Eleições Europeias

Another brick in the wall?

Maria Castello Branco

Como todos os que desfrutaram da liberdade de circulação e do Erasmus bem sabem, a Europa é o pluralismo de nações, mas ela está demasiado centralizada e burocrática para que a diversidade seja ouvida

Crónica

Portugal, um país à prova de fake news /premium

José Diogo Quintela

Porra Vasily! Então, mas o que é que andas a fazer, pá? Portugal não necessita dos nossos trolls, nem das nossas fake news. Os partidos tradicionais encarregam-se de escangalhar a imagem da democracia

Eleições Europeias

Populismo e eleições europeias

Ricardo Pinheiro Alves

O crescimento do populismo xenófobo é alimentado pelo aumento do populismo igualitário, conduzindo a uma progressiva radicalização da vida pública como se observa actualmente nos países desenvolvidos.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)