Rádio Observador

Brasil

Casal de mulheres brasileiras matou filho de nove anos. Não queriam um rapaz

4.790

Rosana e Kacyla não queriam ter um rapaz. Kacyla, a mãe do menor, odiava a criança porque a fazia lembrar o pai. Amputaram o pénis do filho, queimaram e esconderam o corpo.

Depois de terem sido presas, Rosana e Kacyla admitiram que mataram o menor

El Mundo

Um casal de mulheres brasileiras matou o filho de nove anos com doze facadas enquanto a criança dormia. As mulheres não suportavam a ideia de ter um filho e vestiam-no de menina. No ano passado, o casal terá mesmo amputado o pénis do rapaz, noticia o El Mundo.

O crime foi cometido por Rosana Cândido e Kacyla Pessoa, de 27 e 28 anos, respetivamente. Kacyla – a mãe do rapaz – odiava o filho porque fazia com que se lembrasse do seu próprio pai. A mulher disse que o pai a maltratava em criança. As progenitoras do rapaz obrigavam-no também a vestir-se de menina, ao que o menor resistia.

Depois de matar a criança, o casal tentou desfazer-se do corpo. Uma parte do cadáver foi queimado. Outra parte foi escondida em malas e mochilas que as mulheres esconderam em casa.

No momento da detenção, Rosana e Kacyla admitiram o crime e afirmaram que a criança prejudicava a sua relação enquanto casal.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)