A criança seguia a bordo de uma embarcação do tipo semirrígido que estava a dar apoio numa aula de vela, no rio Tejo, junto à Trafaria, na margem sul, quando caiu ao rio cerca das 11h30. De acordo com o Comandante Coelho Gil, da Capitania do Porto de Lisboa, a criança brasileira caiu à água — por motivos ainda por apurar — e foi socorrida pelo patrão da embarcação, que entrou na água e conseguiu trazer o rapaz de nove anos novamente para bordo.

Depois do socorro inicial prestado pelo homem, a embarcação regressou à doca de Santo Amaro, em Lisboa, de onde tinha partido. De acordo com o INEM, o rapaz foi transportado “estável” para o Hospital de Santa Maria. Na doca de Santo Amaro estiveram uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) e uma ambulância de emergência médica.

Num comunicado, a Autoridade Marítima Nacional afirma que a criança ficou “ferida com gravidade”, não tendo o INEM conseguido confirmar esta informação.

De acordo com o Comandante Coelho Gil, no momento do acidente a criança estava a usar o colete salva-vidas.