António Costa teve de deslocar-se até ao hospital, em Viana do Castelo, durante a noite, devido a “dores musculares nas costas” e “por recomendação médica” vai evitar as ações de rua que tinha programadas para este sábado, anunciou fonte da organização da campanha.

A informação chegou à caravana socialista logo de manhã, depois de o líder do partido ter saído já com dificuldades do palco do comício da noite anterior, na Praça da República em Viana do Castelo. Fonte da campanha diz, para já, que as limitações do candidato só devem perturbar agenda prevista para este sábado.

Esta manhã, Costa tinha marcado um passeio a pé em Braga e à tarde uma passagem pelas Festas de São Miguel, em Cabeceiras de Basto. Já só vai estar no almoço-comício de Vila Nova de Famalicão e no comício da noite, em Guimarães. Mas as ações de campanha vão realizar-se na mesma apenas com a presença dos candidatos a deputados pelo círculo de Braga.

O líder socialista já estava com queixas há alguns dias, mas na noite de sexta-feira a situação agravou-se e já teve de ser amparado até ao carro, depois de sair do comício de Viana do Castelo. Durante a noite acabou por ter de dirigir-se ao hospital local para ser assistido e a recomendação médica foi que este sábado evitasse as ações de rua. O dia de sexta, com uma intensa arruada em Santa Catarina e um comício noturno ao ar livre, agravou a condição de António Costa.