267kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Os fatos (sim, foram dois) com que Jorge "Jagger" Jesus se preparou para a festa

Este artigo tem mais de 1 ano

De 'terno' vestido, Jorge Jesus sabia que estava com a roupa certa para a festa. Os brasileiros compararam-no com Mick Jagger. Quando tirou o colete, venceu.

i

O primeiro fato de Jesus tinha colete. O segundo era o tradicional do Flamengo

Getty Images

O primeiro fato de Jesus tinha colete. O segundo era o tradicional do Flamengo

Getty Images

‘Terno’ de calça e colete mas sem o casaco, para dar um toque de informalidade. Daí as mangas arregaçadas, relógio no pulso, cinto a condizer e cabelo comprido, à estrela de rock. Foi esta a roupa que Jorge Jesus escolheu para aparecer nesta final da Taça Libertadores em Lima, no Peru. Ia já preparado para a festa. Mas só quando mudou de look ao intervalo é levou o Flamengo à vitória.

O cabelo ao vento e os movimentos de Jorge Jesus junto às quatro linhas puxaram pela imaginação dos brasileiros. Jorge Jesus, o salvador, o mister, o professor, era afinal mais parecido com Mick Jagger — sim, o vocalista dos The Rolling Stones — do que alguma vez alguém tinha reparado. O Twitter encheu-se com as comparações, que nem parece afinal muito forçada.

Assim vestido, de fato preto, camisa branca e ténis clássicos, parecia estar preparado para dois finais: comparecer ao funeral de um sonho — o de levar o Flamengo à vitória dos Libertadores como não acontecia há 38 anos —; ou ficar vestido a rigor para a gala de regresso de um campeão. Custou, mas o Flamengo conquistou a segunda opção.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Mas um detalhe pode ter escapado a quem manteve os olhos pregados ao relvado à espera da reviravolta que Gabigol só conseguiu nos últimos três minutos. É que Jorge Jesus mudou de fato ao intervalo. Pois foi. Qual estrela de rock mesmo. Do “terno” que tinha escolhido inicialmente, o técnico do Flamengo passou para o fato tradicional e oficial do clube, com casaco mas sem colete.

Getty Images

No fim, Jorge Jesus garantiu que a mudança foi uma superstição que valeu a pena. Agora é rei do Brasil.

Ainda assim, outras comparações não tardaram a aparecer. De artista musical de primeira linha, o técnico português passou a cientista louco como o do filme “Regresso ao Futuro”. Jorge Jesus passou a ser, pelo menos no mundo da internet, Dr. Emmett Brown. É do carisma, dizem.

E ainda quem o achasse parecido com Beethoven.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.