Um sismo de magnitude 3,4 na escala de Richter foi sentido sábado de manhã na ilha do Faial, que desde novembro tem registado um aumento da atividade sísmica, segundo o centro de vigilância sismovulcância dos Açores. Às 08h21 registou-se um sismo com o epicentro a cerca de 32 quilómetros do Capelo, na ilha do Faial, de acordo com informações avançadas pelo Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA).

O comunicado do CIVISA explica que “o sismo foi sentido com intensidade máxima III/IV” da escala de Mercalli Modificada” nas freguesias de Capelo e da Praia do Norte, nos concelhos de Horta, na ilha do Faial.

O evento teve intensidade III nas freguesias de Cedros, Castelo Branco, Feteira e Flamengos, também situadas na Horta. Desde o início do mês passado têm-se registado inúmeros sismos na ilha: entre quinta e sexta-feira, em apenas 12 horas, foram identificados oito terramotos de magnitude superior a 3.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequeno (2,0-2,9), pequeno (3,0-3,9), ligeiro (4,0-4,9), moderado (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grande (7,0-7,9), importante (8,0-8,9), excecional (9,0-9,9) e extremo (superior a 10).

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recomenda várias medidas de autoproteção tais como não utilizar elevadores e abandonar os edifícios sempre que se suspeite que não oferecem condições de segurança.