Uma mulher aparentando ter 30 anos morreu esta segunda-feira e o seu companheiro ficou ferido na sequência de uma intoxicação por monóxido de carbono, em Ovar, no distrito de Aveiro, disse fonte dos bombeiros.

Em declarações à agência Lusa, o comandante dos Bombeiros de Ovar, João Mesquita, disse que a corporação recebeu um alerta às 9h30 para um caso de intoxicação numa habitação situada em Guilhovai.

O comandante referiu que o óbito foi declarado no local pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) da Feira. “Logo à chegada da VMER foi declarado o óbito de uma das vítimas e a outra verificou-se que estava num estado muito grave”, disse o mesmo responsável, adiantando que homem foi transportado para o Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, distrito do Porto.

Ao local acorreram operacionais dos Bombeiros de Ovar apoiados por duas viaturas, a VMER da Feira e a PSP.

Esta é a segunda morte por intoxicação ocorrida em pouco mais de um mês no concelho de Ovar. No dia 10 de novembro, uma mulher aparentando 70 anos morreu na sequência de uma intoxicação por monóxido de carbono, em Gondezende, Esmoriz, Ovar, que também deixou em estado grave o seu marido e uma neta de 8 anos.