O piloto francês Stéphane Peterhansel (Mini), com o português Paulo Fiúza como navegador, venceu esta sexta-feira a sexta etapa dos automóveis do Rali Dakar de todo-o-terreno, com o espanhol Carlos Sainz (Mini) a cimentar a liderança.

Peterhansel terminou os 477 quilómetros da especial, entre Ha’il e Riade, em 4:27.17 horas, menos 1.35 minutos do que Sainz e 3.22 em relação ao catari Nasser Al Attiyah (Toyota), vencedor em 2019.

Na geral, Sainz aumentou a vantagem na liderança e tem agora 7.46 minutos de avanço sobre Al Attiyah, segundo classificado, e 16.18 face a Peterhansel, terceiro.

No sábado, os pilotos desfrutam de um dia de descanso, retomando a prova no domingo, com a mais longa especial da prova, entre Riade e Wadir Al Dawasir, com 546 quilómetros cronometrados de um total de 741.