A Efacec, controlada pela empresária angolana Isabel dos Santos, ganhou o contrato para a operação e manutenção da central solar de maior capacidade em Moçambique, anunciou esta quarta-feira a empresa em comunicado.

“A Efacec foi selecionada para o contrato de engenharia, compra e construção para operação e manutenção (O&M) de uma central solar de 41 MWp [potência instalada], localizada em Metoro, norte de Moçambique”, refere a empresa.

De acordo com a mesma nota, trata-se da “central de energia solar de maior capacidade instalada em Moçambique até à data”.

A infraestrutura, inserida numa área de cerca de 138 hectares, “possui uma capacidade de produção de 68 GWh por ano” e deverá iniciar a produção de energia elétrica no final de 2020, adianta o comunicado.

Para a Efacec, que opera há mais de 20 anos no mercado moçambicano, este é “um projeto emblemático”, que vem reforçar a sua presença no mercado e na região.

O projeto foi desenvolvido pela Neoen, conjuntamente com EDM [Empresa de Eletricidade de Moçambique], através da empresa “Central Solar Metoro”.

O contrato com a Efacec “inclui o fornecimento do EPC [engenharia, compras e construção] completo, incluindo a interconexão, em alta tensão, à subestação da EDM e garantias associadas à operação da central de energia solar, bem como um contrato de longa duração para a operação e manutenção [O&M] daquela infraestrutura”, esclarece o documento.

Para Moçambique, esta central vem contribuir para o objetivo do país de diversificar fontes de energia e descentralizar a produção, tendo como meta o acesso de 100% da população moçambicana à eletricidade até 2030.

A energia gerada pela central solar será vendida através de um contrato de compra de energia com a EDM.

A Efacec desenvolve soluções para sistemas solares, incluindo autoconsumo, sistemas híbridos e instalações fotovoltaicas de grande escala, em regime chave na mão. “E posiciona-se como um ator principal no setor de energia, com cerca de 300 MW instalados em todo o mundo e 133 MW em O&M”, lê-se ainda na nota.

Em 23 de outubro de 2015 decorreu a operação de aquisição da maioria do capital da empresa portuguesa Efacec Power Solutions, pela sociedade Winterfell Industries, de Isabel dos Santos.

Os anteriores acionistas da empresa — grupos José de Mello e Têxtil Manuel Gonçalves — assumiram então o estatuto de acionistas minoritários da Efacec Power Solutions.

A Neoen é um dos produtores independentes de energia renovável do mundo, com uma capacidade em operação ou construção de cerca de 3 GW.

Esta empresa está presente em França, Austrália, México, Salvador, Argentina, Finlândia, Portugal, Irlanda, Zâmbia, Jamaica e Moçambique.

“A Neoen opera o mais potente parque solar da Europa, em Cestas, França (300 MWc), assim como a maior central de armazenamento de iões de lítio do mundo, em Hornsdale, na Austrália (100 MW/129 MWh)” e “ambiciona ter uma capacidade em operação ou em construção de pelo menos 5 GW em 2021”, refere o comunicado.

A Efacec está presente na Europa, nos Estados Unidos da América, na América Latina, Ásia, Médio Oriente, Magrebe e África Subsariana.