A Talkdesk, empresa de software na nuvem para centros de contacto foi distinguida, pela segunda vez, com o prémio BIG Innovation Award, promovido pela entidade norte-americana Business Intelligence Group. O unicórnio (empresa avaliada em mais de mil milhões de dólares) com ADN português foi distinguido graças à sua tecnologia de inteligência artificial, o Talkdesk iQ.

“A inovação é parte do ADN da Talkdesk, pelo que nos sentimos prestigiados por ser reconhecidos com um BIG Innovation Award pelo segundo ano consecutivo e orgulhosos de todo o trabalho que a equipa de engenharia em Portugal tem desenvolvido para tornar as soluções da Talkdesk indispensáveis para os nossos clientes,” afirmou em comunicado Tiago Paiva, presidente-executivo da Talkdesk.

As soluções da Talkdesk são utilizadas por mais de 1800 empresas, em mais de 75 países e a empresa é líder no segmento de Contact Center as a Service. A startup nasceu com a promessa de montar um call center em apenas cinco minutos e, atualmente, tem 200 patentes de inovação pendentes, que foram submetidas em 100 dias.

A tecnologia da empresa é desenvolvida em Portugal e, em Coimbra e Aveiro, a Talkdesk criou os laboratórios TDX, dedicados a explorar tecnologias emergentes, que criem novas funcionalidades e acelerem o seu desenvolvimento. Fundada em 2011 por Tiago Paiva e Cristina Fonseca, a Talkdesk é o terceiro unicórnio com ADN português. A 3 de outubro de 2018, fechou uma ronda de investimento no valor de 100 milhões de dólares, que avaliou a empresa em mais de 1,2 mil milhões.

Concorreram aos BIG Innovation Award empresas de todo o mundo e o júri foi composto por vários líderes e executivos de negócios. “Estamos muito entusiasmados por reconhecer a Talkdesk com este prémio, uma vez que estão a liderar pelo exemplo e a empreender um verdadeiro progresso na melhoria do quotidiano de várias pessoas”, afirmou Maria Jimenez, diretora de operações do Business Intelligence Group.