Na quinta-feira, 6 de fevereiro, Donald Trump partilhou na respetiva conta de Twitter um vídeo deliberadamente editado que intercala o momento em que Nancy Pelosi rasga uma cópia do discurso do presidente dos EUA, no Estado da União, com aqueles em que Trump atribui uma bolsa escolar, dá uma medalha e promove um reencontro familiar. Agora é notícia que tanto o Facebook como o Twitter recusaram o pedido da presidente da Câmara dos Representantes para remover o vídeo em questão.

“O povo americano sabe que o Presidente não tem escrúpulos em mentir-lhe — mas é uma vergonha ver o Twitter e o Facebook, fontes de notícias para milhões, fazer o mesmo”, escreveu Drew Hammill, chefe de gabinete de Pelosi no Twitter. “O último vídeo falso de Pelosi está deliberadamente desenhado para enganar e mentir ao povo americano, e todos os dias que estas plataformas recusam retirá-lo é mais outro lembrete de que se preocupam mais com os interesses dos acionistas do que com o interesse público”, continuou.

O Estado da União, que aconteceu na madrugada do dia 5 de fevereiro, hora em Portugal, foi uma espécie de reality-show, marcado por momentos como a atribuição de uma bolsa escolar a uma jovem presente na galeria do Congresso. A julgar pelo vídeo, essa e outras situações são seguidas do momento em que Pelosi rasga uma cópia do discurso de Trump. O vídeo com cerca de 5 minutos tem como título “Histórias americanas poderosas rasgadas por Nancy Pelosi”.

O pedido de Pelosi foi rejeitado numa altura em que está em alta o debate sobre a responsabilidade que as gigantes tecnológicas têm na proliferação de informação falsa, sobretudo num ano marcado por eleições presidenciais, tal como lembra o The Guardian.

O Twitter anunciou recentemente uma nova regra que impede a partilha de informação noticiosa manipulada que possa causar danos, a qual só terá efeito a partir de 5 de março. Também em janeiro foi o Facebook a barrar vídeos falsos criados por inteligência artificial, excluindo vídeos criados através de técnicas de edição convencionais.