O MONSTRA – Festival de Animação de Lisboa foi “temporariamente cancelado” na sequência do encerramento de alguns espaços municipais como medida de prevenção e contenção do novo coronavírus. O evento, que celebra este ano o seu 20.º aniversário, estava agendado para os dias 18 a 29 de março, em vários cinemas da cidade de Lisboa.

Em comunicado, o diretor artístico do festival, Fernando Galrito, garantiu que a organização fará tudo o que estiver ao seu alcance para que “a celebração dos 20 anos da MONSTRA” decorra ainda em 2020, prometendo “em breve o anúncio de novas datas”. “A todos os realizadores, produtores, parceiros e amigos da MONSTRA solicitamos que se mantenham atentos porque contamos com todos para, em breve, continuarmos a festa da Animação, da Arte, da Cultura e do Encontro”, concluiu Fernando Galrito.

O Festival de Animação de Lisboa é um dos muitos eventos culturais cancelados em Portugal num esforço para conter a propagação do novo coronavírus. Na capital, foi anunciada a suspensão de todas as atividades nos museus municipais até 3 de abril, “na sequência das orientações da Direção-Geral da Saúde para diminuir a evolução epidemiológica”.

Esta medida inclui o Museu da Marioneta, onde estava patente, até 19 de abril, a exposição “O Mundo Animado de Tim Burton”, com marionetas e desenhos preparatórios originais de três filmes do icónico realizador norte-americano — “Marte Ataca!” (1996), “A Noiva Cadáver” (2005) e “Frankenweenie” (2012) –, organizada para assinalar os 20 anos da MONSTRA.