(Em atualização)

O secretário de Estado da Comunicação do governo brasileiro, Fábio Wajngarten, testou positivo para o novo coronavírus e está à espera de uma contraprova, de acordo com a imprensa brasileira. Wajngarten está atualmente isolado em casa.

A notícia surge dias depois de Wajngarten ter regressado ao Brasil com a comitiva presidencial de Jair Bolsonaro, que esteve em visita oficial nos Estados Unidos. O secretário de Estado esteve inclusivamente presente num jantar este sábado com o Presidente dos EUA, Donald Trump, e o vice-presidente do país, Mike Pence, no resort Mar-a-Lago, pertencente ao chefe de Estado norte-americano.

Post de Instagram onde o secretário de Estado brasileiro publicou a sua foto ao lado de Donald Trump

Wajngarten publicou na sua conta de Instagram uma fotografia em que está ao lado de Trump, com um boné onde se pode ler “Make Brazil Great Again” (“Tornem o Brasil grandioso outra vez”), uma adaptação do slogan de campanha de Trump “Make America Great Again”.

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, vai ser testado. Também a primeira-dama Michelle Bolsonaro, o chanceler Ernesto Araújo, os ministros da Defesa, Minas e Energia, Gabinete de Segurança Institucional, o chefe do Estado Maior das Forças Armadas e o deputado Eduardo Bolsonaro vão ser submetidos a análises.

Do lado norte-americano, a imprensa já avançou que Wajngarten estará infetado com Covid-19, mas ainda não foi anunciado nenhum teste ao Presidente dos Estados Unidos ou ao vice-presidente, Mike Pence.

De acordo com o Washington Post, Trump foi questionado sobre este tema por jornalistas na Casa Branca, antes do seu encontro com o primeiro-ministro irlandês Leo Varadkar, e disse apenas que não está “preocupado”. “Ouvi qualquer coisa sobre isso. Jantámos juntos, não fizemos nada de especial. Sentámo-nos lado a lado por um período de tempo”, resumiu o Presidente.