Uma mulher internada na unidade de cuidados continuados da Santa Casa da Misericórdia de Resende está infetada com o novo coronavírus, facto que levou ao isolamento da instituição, anunciou este domingo o município.

O caso foi confirmado no sábado, depois de a mulher, com falência respiratória, ter sido encaminhada na sexta-feira para o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, afirmou à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal de Resende, Garcez Trindade, referindo que este foi o primeiro caso no concelho.

Segundo o autarca, assim que foi confirmado o caso, procedeu-se ao isolamento da unidade, havendo um acompanhamento dos restantes 13 doentes, que farão na segunda-feira os testes laboratoriais para determinar se também estarão infetados.

Os 32 funcionários afetos à unidade vão estar em quarentena durante 14 dias, tal como determinado pela Administração Regional de Saúde do Norte, informou Garcez Trindade.

Entretanto, outros funcionários da Santa Casa da Misericórdia passam a assegurar o acompanhamento dos doentes internados, referiu.

Ainda domingo de manhã, a autarquia procedeu à desinfeção exterior da unidade, já depois de a instituição ter assegurado a desinfeção das enfermarias no sábado, disse o autarca.