Numa escala de 1 a 100 na avaliação geral de como o Governo está a lidar com a pandemia de Covid-19, António Costa recebeu 72 pontos. A maior parte destas avaliações (89%) vieram das zonas de Lisboa e do Porto, segundo uma sondagem da Marktest divulgada esta quinta-feira.

Apesar dos resultados, no entanto, destaca-se “o índice mais baixo, registado junto dos mais novos, 18/34
anos, e que é de 64 pontos, 8 pontos inferior ao total nacional”. Já quanto à confiança na atuação do Governo, António Costa conseguiu 71 pontos.

“Este dado e o anterior permitem-nos concluir que os portugueses, avaliam de forma positiva a actuação do executivo e sentem igualmente confiança. É junto dos residentes nas regiões da Grande Lisboa, Interior
Norte, ambas com 73 pontos e do Sul (75 pontos), que se registam os índices de confiança elevados”, lê-se no comunicado da Marktest.

Quanto à transparência do Governo na Informação que presta aos portugueses sobre o momento e as circunstâncias em que vivemos, o mesmo alcança um valor de 69 pontos. Por áreas ministeriais da Saúde e  da Administração Interna, os números não divergem muito: ambas receberam 68 pontos.

Ainda assim, 66% dos portugueses sentem, atualmente, em poderem ser contaminados pela Covid-19. E apesar dos números indicarem que a incidência junto dos homens é superior à das mulheres, são estas que manifestam maior receio, 73% face a 59% do grupo masculino, lê-se no comunicado. É sobretudo a população residente na região da Grande Lisboa aquela que manifesta maior receio de contaminação (76%), face aos 66% do total nacional.

A sondagem foi realizada pela Marktest, com uma amostra de 505 inquiridos, com mais de 18 anos, residentes em Portugal continental. A recolha da informação decorreu entre os dias 24 e 25 de março de 2020.