A General Motors vai recuperar o mítico Hummer, cuja última unidade foi produzida em Maio de 2010 na fábrica de Shreveport, no Louisiana. Mas se até aqui os diferentes modelos da marca montavam motores de combustão, o novo Hummer, que deveria ser revelado a 20 de Maio, será eléctrico e alimentado por baterias.

O Hummer eléctrico, que será comercializado sob o emblema GMC, uma das marcas da General Motors, terá versões com um, dois e três motores, consoante o nível de potência. Na versão mais “puxada”, o SUV usufruirá de 1014 cv (746 kW) e uma força de 15.574 Nm, o que segundo o construtor será suficiente para ir de 0 a 100 km/h em cerca de 3 segundos.

A apresentação do Hummer tem vindo a ser continuamente adiada e o facto de as fábricas da GM terem estado fechadas, devido à pandemia, tão pouco ajudou ao respeitar dos prazos. Daí que os teasers a propósito do SUV eléctrico se tenham vindo a suceder, com a GM a lançar agora o quinto vídeo sobre o modelo, que conta com o apoio de LeBron James, a estrela da NBA.

Em comunicado, a GM informa que o GMC Hummer EV, cuja revelação estava agendada para 20 de Maio, “vai ter de ser atrasada, mas a nossa equipa de testes e desenvolvimento continua a trabalhar no projecto”. O gigante americano continua apostado em lançar o modelo, que resulta de um investimento total de 2,2 mil milhões de dólares, no Outono de 2021.

O Hummer EV vai estar disponível na versão pick-up com cabina dupla, assumindo-se como mais uma proposta deste segmento, em linha com a Cybertruck da Tesla, a R1T da Rivian e a Ford F150 eléctrica. Mais tarde surgirá uma versão SUV do Hummer EV, 22,9 mm mais curta.