Parece improvável, mas aconteceu: um evento musical organizado esta quinta-feira no parque público Charles Clore em Tel Aviv, Israel, reuniu cerca de 3 mil pessoas em plena pandemia de Covid-19. A iniciativa, intitulada “Behind the Scenes: an Assembly of Solidarity”, contou com a participação de artistas israelitas como Aviv Geffen e Rita, que atearam gratuitamente, e foi realizado para apoiar os trabalhadores que vivem exclusivamente da indústria da música, uma das mais afetadas pelo novo coronavírus.

Segundo conta a Billboard, o espetáculo solidário foi organizado pelos empresários Inbar e Marius Nacht e recebeu o apoio da câmara municipal de Tel Aviv e da polícia. O próprio autarca, Ron Huldai, esteve presente no evento. Dirigindo-se aos espectadores a partir do palco, descreveu a iniciativa como um “pedido de ajuda de toda a indústria que precisa de ser respondido”, chamando a atenção para a responsabilidade do governo e pedindo que a cultura não fosse esquecida.

Os espectadores foram obrigados a entrar no parque com máscaras e aconselhados a manter dois metros de distância, o que acabou por não acontecer — a multidão aglomerou-se junto ao palco, não manteve a devida distância e muitos optaram mesmo por descartar as máscaras, refere o mesmo site de música. As fotografias e vídeos partilhadas nas redes sociais mostram a multidão que se reuniu no parque:

De acordo com a Johns Hopkins University, Israel tem atualmente 16.690 casos de Covid-19 confirmados. O novo coronavírus fez 279 mortes. O país está em confinamento desde meados de março, mas algumas medidas começaram entretanto a ser levantadas.