As versões 4xe, que na Jeep são sinónimo de híbrido plug-in (PHEV) com tracção integral, já podem ser encomendadas nos concessionários portugueses por valores que arrancam nos 40.050€ do Renegade ou nos 44.700€ para o Compass. Para assinalar o início das reservas, foi lançada “uma campanha especial da FCA Capital para empresas” que permite “adquirir o Jeep Renegade 4xe abaixo do primeiro nível de tributação autónoma, 27.500€”.

Os dois modelos encontram-se em três níveis de equipamento – Limited, S e Trailhawk – e partilham a mecânica, que associa um motor a gasolina turbo de 1,3 litros, com 130 cv ou 180 cv, a um motor eléctrico de 60 cv colocado no eixo traseiro e alimentado por uma bateria de 11,4 kWh. Combinados, debitam uma potência de 190 cv na versão Limited ou 240 cv, nos Trailhawk e S, com a vantagem de poderem percorrer até 50 km em modo eléctrico, condição em que estão limitados a uma velocidade máxima de 130 km/h.

Sempre com tracção integral, Renegade e Compass 4xe oferecem de série conteúdos como um novo ecrã a cores TFT de 7”, que fornece informações relacionadas com a condução eléctrica, desde a carga da bateria à autonomia, bem como um display de 8,4”, também a cores, onde é possível visualizar o fluxo de energia e o histórico da condução ou, por exemplo, definir o período mais económico para proceder ao recarregamento da bateria.

No que toca à segurança e aos sistemas de assistência ao condutor, ambos os Jeep oferecem soluções como monitorização dos ângulos mortos, câmara de visão traseira, sistema automático Park Assist, Keyless Go, prevenção de colisão frontal e alerta de desvio de faixa Plus, com o Renegade a destacar-se por incluir no equipamento padrão a monitorização da atenção do condutor e disponibilizar o reconhecimento de sinais de trânsito. O mais pequeno dos Jeep também sobressai na iluminação, pois inclui de série faróis dianteiros Full LED, enquanto no Compass são Bi-Xénon.