Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Há duas soluções a serem ultimadas para resolver a falta de funcionários nas escolas, uma a curto prazo, outra a olhar para o futuro. Antes do 1.º período acabar, mais 1.500 assistentes operacionais terão chegado às escolas. Já a publicação da nova fórmula que determina quantos funcionários deve ter cada estabelecimento — a chamada portaria de rácios — deverá ser publicada nas próximas semanas, “para não dizer na próxima semana”, garantiu o ministro da Educação em entrevista à Rádio Observador, esta segunda-feira de manhã.

O ministro da Educação sublinhou que uma medida não inviabiliza a outra e, por saber que a contratação de funcionários através da portaria de rácios será demorada, o Governo optou por agilizar concursos mais rápidos para que os 1.500 assistentes operacionais possam chegar rapidamente aos 812 agrupamentos de escolas públicas do país.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.