A empresa alemã ElectricBrands, que no Verão passado surpreendeu ao apresentar um furgão a bateria capaz de se “transformar” em 10 configurações distintas, de descapotável a autocaravana, para mais por valores acessíveis, voltou a surpreender pela forma como preparou o terreno para a chegada do seu eBussy. Isto porque colocou, no seu canal de YouTube, um vídeo promocional que em tudo traz de imediato à lembrança um anúncio da Volvo Trucks, de 2013. Sucede que os camiões foram trocados por furgões e Jean-Claude Van Damme, o conhecido actor belga que é uma lenda das artes marciais, foi substituído pela chanceler alemã Angela Merkel.

Qual é a ideia? O próprio vídeo, em jeito de paródia, responde a essa pergunta, na medida em que o guião assenta nos altos e baixos da vida do passado da indústria automóvel alemã, para apontar ao futuro, deixando para trás emblemas de peso. E é assim que Volkswagen, Mercedes-Benz e BMW também têm direito ao seu lugar nesta “história”…

Com isto, a ElectricBrands pretenderá sugerir a importância de ter a capacidade de se reinventar. Reinventou um dos filmes publicitários mais curiosos da década, como pode recordar abaixo, e prepara-se para reinventar o Pão de Forma da Volkswagen, ao seu estilo.

O eBussy assume uma clara inspiração nesse icónico Volkswagen que a própria marca pretende “ressuscitar” com a versão de produção do ID.Buzz. Acontece que, se o cronograma da ElectricBrands for cumprido, o eBussy estará nas ruas antes disso e por valores muito atractivos. Com até 10 tipos de carroçaria, o projecto da companhia alemã promete chegar até aos 600 km de autonomia, podendo em algumas variantes estar equipado com painéis fotovoltaicos que, após um dia inteiro estacionado ao sol, lhe garantem até 125 km de alcance extra.

Curiosamente, as 10 variantes da eBussy beneficiam de tracção integral, uma vez que a ElectricBrands optou por montar quatro pequenos motores eléctricos, um por roda. Com um total de 20 kW de potência, cerca de 27 cv, o pequeno furgão eléctrico, com um comprimento de apenas 3,65 metros, dispensa assim os tradicionais semi-eixos e diferenciais, tornando a sua construção mais simples e ligeira.

Esta reinterpretação mais simples, versátil e acessível do Pão de Forma da VW já recebeu mais de 5000 reservas

O preço estimado é de 15.800€ para a versão de acesso à gama, equipada com uma bateria de 10 kWh e uma autonomia de 200 km, um valor que parece muito optimista mas que se pode explicar pelo facto de o veículo pesar pouco (de 450 a 600 kg, sem baterias). O alcance pode ser estendido com recurso a um acumulador de maior capacidade (30 kWh), o que garante a possibilidade de circular até 600 km entre recargas, com a velocidade máxima a estar sempre limitada a pouco mais de 90 km/h, pois o modelo visa sobretudo deslocações interurbanas para entrega de mercadorias. Quanto à lotação e dependendo da missão do eBussy, é possível alterar o número de lugares e até a posição do condutor (em vez de ser à esquerda, pode ser à direita ou ao centro).

Está previsto que a produção desta van eléctrica muito peculiar arranque no próximo ano. Resta saber se, depois desta “brincadeira”, a chanceler alemã vai dar a sua bênção a este projecto. Veja abaixo o potencial de transformação do eBussy: