Larry King, apresentador e um dos nomes mais consagrados da televisão norte-americana, foi hospitalizado com Covid-19. Aos 87 anos, Larry King está há mais de uma semana num hospital de Los Angeles e o histórico clínico inspira muitos cuidados.

A informação foi confirmada pela família do apresentador que tem estado impedida de o visitar. Larry King sofre de diabetes tipo-2, teve já várias complicações cardíacas, sofreu um AVC e bateu-se contra cancros na próstata e no  pulmão em 2017, elenca a cadeia televisiva CNN.

No último ano, Larry King perdeu dois filhos, Andy, de 65 anos, morreu em julho vítima de ataque cardíaco, e Chaia, de 52, morreu no mês seguinte depois de uma batalha contra um cancro no pulmão.

Larry King começou a sua carreira nos anos 50 como jornalista e apresentador de rádio e ganhou reconhecimento nacional com o programa de rádio “The Larry King Show”, que começou a apresentar em 1978.

Venceu dois prémios Peabody e um Emmy e o seu mais reconhecido programa de entrevistas, “Larry King Live”, foi emitido na CNN entre 1985 e 2010. De 2012 até 2020, apresentou o programa “Larry King Now”, emitido na Hulu e no RT America.