A União Europeia (UE) vai comprar mais de 300 milhões de doses da vacina Pfizer/BioNTech para a Covid-19, anunciou esta quarta-feira em conferência de imprensa Ursula Von der Leyen, presidente da Comissão Europeia. Desse número, 75 milhões de vacinas serão distribuídas no segundo trimestre deste ano.

Queremos garantir que os europeus têm doses suficientes das vacinas seguras e efetivas para a Covid-19. Permitimos que os países da União Europeia comprem mais doses da primeira vacina aprovada na UE”, anunciou a Presidente da Comissão Europeia no Twitter.

Esta compra simboliza uma duplicação do número de vacinas do consórcio à disponibilidade dos países europeus. A contar com as doses da vacina da Moderna, a que a Comissão Europeia deu luz verde na quarta-feira, a União Europeia poderá assim vacinar um total de 380 milhões de europeus à Covid-19.

A União Europeia já assegurou cerca de 2,3 mil milhões de doses de vacinas de diferentes empresas farmacêuticas para os 27 estados-membros.

Para além da vacina da Pfizer/BioNTech, a Agência Europeia do Medicamento (EMA) e a Comissão Europeia aprovaram na quarta-feira a vacina da Moderna. Esperam também concluir a avaliação da utilização da vacina da AstraZeneca/Oxford — que já aprovada no Reino Unido — no “final de janeiro”