A fotografia intitulada de “Primeiro Abraço”, da autoria do editor de Fotografia do Observador, João Porfírio, ficou em segundo lugar no concurso “Somos – Imagens da Lusofonia”. Nesta terceira edição do concurso organizado anualmente pela Somos! – Associação de Comunicação em Língua Portuguesa” (Somos – ACLP), o tema foi “Alma lusófona em tempos de COVID-19”, organizado anualmente pela Somos! – Associação de Comunicação em Língua Portuguesa” (Somos – ACLP).

A imagem, que foi a capa de uma reportagem, também da autoria de João Porfírio, publicada no Observador a 18 de maio de 2020, retrata o primeiro abraço entre uma mãe e filha com um plástico a separá-las após três meses de visitas proibidas aos lares. A fotografia foi tirada na Santa Casa da Misericórdia, em Lisboa, Quinta Alegre, no dia em que foram permitidas as visitas aos utentes.

“Mãe, vou-te abraçar!” Afinal houve um lar com abraços e beijos, mas com uma película de plástico com mangas pelo meio

Como conta a associação em comunicado, o primeiro premiado da terceira edição deste concurso foi Rodrigo Cabrita, com a fotografia “Lágrima”. O captou através da sua lente o primeiro internamento, em Portugal, de uma criança com Covid-19. Em terceiro lugar foi premiada Sara Monteiro de Matos, com a imagem “Cuidados Intensivos”, que capta um enfermeiro a meio do turno na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, Portugal, como explica a organização do concurso.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

[Veja, na fotogaleria abaixo, as outras fotografias premiadas e as que foram destacadas como Menções Honrosas]

5 fotos

Podiam candidatar-se a este concurso “todos os cidadãos dos países e regiões da Lusofonia e residentes de Macau” com fotografias captadas em “Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste ou Goa, Damão e Diu”.

O responsável do painel de júris, Gonçalo Lobo Pinheiro, afirmou que a edição deste ano foi particularmente “difícil” devido à qualidade das fotografias ter “superado” a das edições anteriores. As fotografias vão fazer parte de uma exposição que será inaugurada a 26 de março, pelas 18h30, na galeria de exposições da Casa Garden – Fundação Oriente, em Macau.