Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Stephen Nicholas Broderick, o antigo vice-xerife do Condado de Travis que é suspeito de ter matado três pessoas em Austin, no Texas, no último domingo, foi detido pela polícia após mais de 20 horas de caça ao homem, segundo avança a Associated Press.

Depois de duas chamadas de emergência para as autoridades, a polícia conseguiu localizar o suspeito na manhã desta segunda-feira, numa estrada nos subúrbios de Austin, em Manor. Apesar de o antigo detetive ter uma arma à cintura, as autoridades garantiram que a detenção foi feita sem violência.

Broderick é acusado de matar três pessoas numa zona residencial, uma situação que a polícia descreveu como uma “situação doméstica”, já que o antigo agente de autoridade conhecia as vítimas: duas mulheres e um homem. Em 2020, o suspeito renunciou ao cargo de vice-xerife após ser detido devido a uma agressão sexual a uma criança, revelou o porta-voz do gabinete do xerife do condado de Travis, Kristen Dark, à CNN.

Após o tiroteio as autoridades conseguiram localizar a criança em causa, que se encontrava segura.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR