Delegações de alto nível de Israel e do movimento palestiniano Hamas aceitaram reunir-se na próxima semana no Cairo para reiterar a trégua mediada pelo Egito e abordar temas como a reconstrução de Gaza e troca de reféns.

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Israel, Gabi Askenazi, lidera a delegação de Israel ao encontro — sem precedentes — “no princípio da próxima semana“, noticiou esta quinta-feira a rádio Galatz, emissora oficial do Exército israelita.

Ismail Haniyeh, chefe político do Hamas, vai encabeçar a delegação presente no Cairo “nos próximos dias” para “conversar sobre a estabilização do cessar-fogo em Israel e na Faixa de Gaza”.

EUA prometem apoio na reconstrução de Gaza sem ajudar o Hamas

De 10 a 21 de maio, 254 palestinianos foram mortos em ataques israelitas na Faixa de Gaza, segundo autoridades locais. Em Israel, disparos de foguetes a partir de Gaza mataram 12 pessoas.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O conflito entre palestinianos e Israel, o quarto desde 2008, eclodiu em 10 de maio com o Hamas a disparar foguetes contra Israel em solidariedade às centenas de palestinianos feridos em dias de confrontos com a polícia israelita na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém Oriental. Na origem dos confrontos esteve a ameaça de expulsão de famílias palestinianas em benefício de colonos israelitas.