Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O pianista, compositor e cantor norte-americano John Legend vai atuar em Cascais daqui a exatamente um ano — a 2 de julho de 2022. O concerto estará inserido na próxima edição do festival EDP Cool Jazz, que não se realizou em 2020 e 2021 devido à pandemia da Covid-19.

A informação é avançada pela organização do festival que, em comunicado enviado à imprensa, detalha que “John Legend é a primeira confirmação da 17ª edição do festival EDP Cool Jazz”.

O músico e cantor vai assim apresentar o seu mais recente álbum (e o sétimo de estúdio e de originais da sua discografia), Bigger Love, no Hipódromo Manuel Possolo, em Cascais, em 2022 — mas espera-se que também interprete ao vivo alguns dos seus maiores êxitos da carreira, como “All Of Me” e “Ordinary People”.

O dia da atuação de John Legend marcará o arranque dos concertos do festival em 2022. A organização do Cool Jazz lembra que o pianista, compositor e cantor é um dos grandes nomes da pop, tendo sido distinguido, por exemplo, com dez prémios Grammy —  uma espécie de Óscares da indústria musical norte-americana.

John Legend era um dos artistas confirmados para a edição de 2020 do festival, que acabou por ficar sem efeito devido à pandemia da Covid-19. Para esse ano prometiam-se ainda concertos de Herbie Hancock, Lionel Richie, Neneh Cherry, Yann Tiersen e Miguel Araújo com Rui Veloso, entre outros.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR