334kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

DGS. Mais concelhos com incidência elevada ou superior a sul do rio Tejo. Veja no mapa como está o seu

Lisboa registou, em 14 dias, mais do dobro dos casos de infeção do que o Porto. Ainda assim, tem uma incidência menor. Áreas metropolitanas de Lisboa e Porto com incidências baixas a moderadas.

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Dois terços dos concelhos em Portugal continental e insular (203 em 308) apresentaram uma incidência baixa (abaixo de 120 novos casos por 100 mil habitantes) no período de duas semanas que terminou a 22 de setembro, segundo o Boletim Epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Barrancos foi o único concelho com uma incidência extremamente elevada (acima de 960 casos por 100 mil habitantes).

Entre os restantes concelhos, 78 têm incidência moderada (120 a 239,9 casos por 100 mil habitantes), 19 têm incidência elevada (240 a 479,9 casos) e sete têm incidência muito elevada (480 a 959,9 casos).

O Algarve continua a ser uma área com níveis de incidência altos (seis elevados e três muito elevados), à qual se junta o Alentejo interior com um concelho de incidência extremamente elevada, um muito elevada e três elevada.

Barrancos aumentou a incidência de 739 para 1.171 novos casos por 100 mil habitantes (a 14 dias) no espaço de uma semana. Como se trata de um concelho de baixa densidade populacional (1.623 habitantes), os 19 casos registados em 14 dias justificam a elevada incidência cumulativa.

Por outro lado, os 10 concelhos com mais novos casos em 14 dias têm, ainda assim, incidências baixas ou moderadas, por serem territórios com uma elevada densidade populacional.

Lisboa é o concelho com mais casos (755), mais do dobro do Porto (366), que surge em terceiro lugar. Em segundo lugar, com mais casos em 14 dias, aparece Sintra (386).

Concelhos Incidência a 22.Set N.º de casos em 14 dias
Lisboa 148 755
Sintra 98 386
Porto 169 366
Vila Nova de Gaia 101 302
Cascais 136 291
Braga 157 287
Loures 117 252
Guimarães 148 225
Leiria 175 221
Almada 130 219

Áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto descem incidência a 14 dias

Dentro da área metropolitana de Lisboa, todos os 18 concelhos diminuíram a incidência em relação à semana passada e todos se encontram com um nível de incidência baixo a moderado (abaixo de 240 novos casos por 100 mil habitantes).

O concelho com maior incidência é Lisboa, com 148 casos por 100 mil habitantes, seguido de Cascais (136), Sesimbra (133), Almada (130) e Oeiras (122). Os restantes têm 120 novos casos ou menos.

Na área metropolitana do Porto, a generalidade dos concelhos também apresentou uma descida na incidência. Exceção para Arouca, território de baixa densidade, cujos 42 casos em 14 dias fez aumentar a incidência de 194 para 204 novos casos por 100 mil habitantes na última semana.

Oliveira de Azeméis é o segundo concelho com maior incidência (179), seguido do Porto (169), Paredes (164), São João da Madeira (154) e Trofa (122). Todos os outros concelhos têm uma incidência inferior a 120 casos por 100 mil habitantes.

A página está a demorar muito tempo.