Irão

Vinte e um corpos retirados de mina após acidente no Irão

Vinte e um corpos foram retirados de uma mina no norte do Irão depois do colapso dos túneis, provocado por uma explosão na manhã desta quarta-feira, informaram várias agências de notícias iranianas.

As equipas de socorro injetaram oxigénio nos túneis para tentar salvar os mineiros presos

LUSA

Vinte e um corpos foram retirados de uma mina no norte do Irão depois do colapso dos túneis, provocado por uma explosão na manhã desta quarta-feira, informaram várias agências de notícias iranianas.

“Vinte e um corpos foram retirados. Trata-se de corpos de mineiros que haviam descido à mina para socorrer os seus camaradas. O balanço não compreende os 32 mineiros que ficaram bloqueados na mina depois da explosão”, declarou Reza Bahrami, chefe do Gabinete da Indústria e das Minas da província de Golestan, no norte do país, onde ocorreu o acidente.

Trinta e dois mineiros e empregados da mina estão presos em todo o entulho (que bloqueia o túnel), a uma profundidade de 1.300 metros”, disse Hassan Sadeglou, o governador da província de Golestan à TV estatal e citado pela agência de notícias oficial IRNA. Reza Bahrami acrescentou que as equipas de socorro injetaram oxigénio nos túneis para tentar salvar os mineiros presos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site