Incêndios

PR satisfeito com apoio aos feridos graves dos incêndios. CDS diz que Governo lhe deu razão

Marcelo mostrou-se satisfeito com o apoio dado pelo Governo aos feridos graves dos incêndios. Assunção Cristas, líder do CDS, fez um post no Facebook a dizer que o Governo lhe deu razão.

NUNO ANDRÉ FERREIRA/LUSA

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, mostrou-se esta terça-feira satisfeito com a decisão do governo de apoiar os feridos graves dos incêndios, durante uma visita relâmpago à Marinha Grande, onde 86% da Mata Nacional ardeu em outubro. Depois de estar em Viseu, Assunção Cristas, líder do CDS, também reagiu à decisão, com um post no Facebook, a dizer que o Governo acabou por lhe dar razão neste aspeto.

“Vi com satisfação que o senhor primeiro-ministro acabou de anunciar uma medida que, ao promulgar a lei da Assembleia da República, vai cobrir uma área daqueles que ficaram feridos graves e que ficaram de fora dos diplomas aprovados, mas era justo que fossem cobertos”, adiantou o Presidente da República.

Assunção Cristas recorreu ao Facebook para defender que o Governo acabou por dar razão ao CDS-PP quando decidiu alargar as indemnizações aos feridos graves dos incêndios. Na rede social, a líder centrista recordou que já tinha falado numa extensão do apoio aos feridos na última visita que fez a Pedrógão Grande. Na altura, também o deputado Telmo Correia considerou que o mecanismo extrajudicial de indemnizações das famílias das vítimas “está muito desenhado para as indemnizações aos familiares das vítimas mortais, mas há pessoas que ficaram feridas, às vezes numa situação de incapacidade parcial”.

A líder do CDS-PP tinha também anunciado que até ao final do debate do Orçamento de Estado na especialidade não iria avançar com nenhuma iniciativa neste âmbito, mas que se o Governo não englobasse estas pessoas, admitia apresentar uma iniciativa que poderia ser uma alteração à lei ou uma resolução da Assembleia da República.

O Governo acabou por dar razão ao CDS decidindo alargar as indemnizações aos feridos graves dos incêndios.Algo que eu j…

Posted by Assunção Cristas on Tuesday, November 14, 2017

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site