Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Uma auditoria interna revelou que a Espírito Santo International, uma das holdings do grupo Espírito Santo, não registou 1,2 mil milhões de euros em dívidas nas contas de 2012, notícia o Expresso, citando um relatório interno do grupo.

Segundo o jornal, são estas as “irregularidades materialmente relevantes” detetadas nas auditorias à holding controlada pela família Espírito Santo.

Estas “irregularidades” deixam a holding numa “situação financeira grave” e estarão mesmo em falência técnica.

A Espírito Santo International controla as áreas não financeira- Rio Forte – e financeira – Banco Espírito Santo – do grupo, apesar do Expresso referir que em causa estão as empresas não financeiras do grupo, e não o BES.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR