A Austrália realizou hoje a sua terceira entrega, por via aérea, de armamento e munições às forças curdas que lutam contra o Estado Islâmico (EI) no norte do Iraque, informou hoje o Ministério de Defesa do país oceânico.

À semelhança de operações anteriores, o avião C-17 Globemaster voou desde Tirana, na Albânia, via Bagdade, onde as forças iraquianas inspecionaram a carga, até à cidade de Erbil.

Em comunicado, o Ministério da Defesa australiano informou que a entrega foi feita sem incidentes e que a aeronave regressou à base de Al Minhad, nos Emirados Árabes Unidos.

A Austrália contribui com dois aviões militares que voam juntamente com aparelhos dos Estados Unidos, Albânia, Canadá, Croácia, Dinamarca, Itália, França e o Reino Unido.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

As entregas de armas têm como objetivo complementar a quase centena de bombardeamentos de aviões militares norte-americanos contra posições dos ‘jihadistas’ do EI no norte do Iraque, que começaram no passado dia 08 de agosto.