Esta é a história de um animal bilingue. Não é o gato maltês, não toca piano nem fala francês. É a história de Nigel, um papagaio com sotaque britânico e que depois de estar desaparecido quatro anos voltou a casa a falar espanhol.

Nigel vivia em casa de um inglês emigrado nos Estados Unidos, Darren Chick, que, talvez com saudades de casa, ensinou o bicho a falar com um forte sotaque britânico. Desapareceu há quatro anos e esta semana foi encontrado e devolvido ao legítimo dono e – mais curioso – a falar espanhol. “Qué passó?”, dizia Nigel, quando foi encontrado, em Torrence, na Califórnia – estado de onde tinha desaparecido -, nas traseiras de uma clínica para cães. Julissa Sperling, a dona do estabelecimento, conta ao Telegrah, que o animal “estava feliz”, a falar espanhol e a imitar o ladrar de um cão.

Julissa lembrava-se de ter visto um cartaz que dava conta do desaparecimento de um animal da mesma espécie, papagaio africano. Para ela não havia dúvidas: era o animal desaparecido, tinha-o encontrado. Tentou devolver a esse dono desesperado, que, afinal, era Teresa Micco, uma veterinária sul-californiana, que procurava um papagaio cinzento parecido. Depois de devolvido à dona errada, as duas mulheres analisaram o chip do papagaio para ver qual seria a sua origem. E assim foi localizado Darren Chick.

O jornal britânico Telegraph conta que quando Teresa bateu à porta de casa de Darren a perguntar “Perdeu um pássaro?” a resposta do britânico foi negativa e Teresa diz que vinha acompanhada de “um olhar como se eu fosse louca”. Darren explica ao mesmo jornal que foi apenas por inicialmente pensar que a veterinária se referia a um espaço temporal mais curto e não há quatro anos.

Mas no momento em que viu o pássaro não precisou que lhe dissessem mais nada e até se comoveu: “Ele está ótimo. É estranho, eu reconheci-o mal o vi”. Depois de tudo esclarecido há uma dúvida que fica no ar: onde é que ele andou? E porque é que fala espanhol? A dúvida vai ficar no ar numa história que acabou com um final feliz e com um papagaio com ‘salero‘.