Uma nave espacial aterrou esta sexta-feira na base da força aérea norte-americana no sul da Califórnia, conta o Guardian. A nave — X-37B — esteve quase dois anos numa missão secreta às voltas da Terra. O que esteve a fazer durante 674 dias em orbita? É a grande questão.

Há teorias para tudo. O site Popular Mechanics, por exemplo, enumera três. Um bombardeiro espacial pronto para qualquer eventualidade é a primeira hipótese, embora o autor do artigo coloque de parte este cenário, independentemente do que dizem especialistas. E uma nave-espião? É possível, dizem. O terceiro ponto está de acordo com a versão oficial do Governo norte-americano: será apenas uma experiência. Mas há outras teorias da conspiração, como a possibilidade de ter estado a capturar os dados dos satélites de outros países.

A nave, com quase três metros de altura e quase nove metros de comprimento, com quase cinco toneladas, é uma das duas construídas pela Boeing. O aparelho tem painéis solares para carregar a bateria enquanto está em órbita. É a terceira missão do programa, que começou em dezembro de 2012. A quarta missão do X-37B, que partirá do Cabo Canaveral, na Flórida, terá lugar em 2015, segundo a força aérea.