Uma coluna composta por 32 tanques, 16 obuses de artilharia e camiões com armamento, bem como soldados russos atravessou na quinta-feira a fronteira entre a Rússia e a Ucrânia, chegando ao leste deste país, de acordo com o Governo ucraniano, avançou a Reuters e a AP.

O porta-voz do Governo ucraniano, Andriy Lysenko, refereriu-se à alegada incursão russa num anúncio televisivo: “O envio de equipamento militar e de mercenários russos para a linha da frente continua”.