Uma pessoa morreu e duas ficaram gravemente feridas na sexta-feira em acidentes nas estradas portuguesas, de acordo com o site da GNR, que contabiliza já 447 acidentes e dois mortos nos três primeiros dias de operação Ano Novo Seguro.

Na sexta-feira, dia 02 de janeiro, uma pessoa morreu, duas ficaram gravemente feridas e 53 sofreram ferimentos ligeiros em consequência dos 160 acidentes nas estradas nacionais registados pela Guarda Nacional Republicana (GNR), no âmbito da operação Ano Novo Seguro.

A operação de fiscalização da segurança rodoviária, que começou a 31 de dezembro e termina no domingo, 04 de janeiro, contabiliza já 447 acidentes nas estradas portuguesas, que provocaram duas mortes, 10 feridos graves e 141 feridos ligeiros, de acordo com os dados disponibilizados pela GNR.

A operação “Ano Novo” termina no domingo e envolve mais de 6.500 militares da GNR no reforço do patrulhamento e a fiscalização rodoviária nas estradas do país desde as 00:00 de quarta-feira.

Durante todo o período da operação vão ser fiscalizadas a condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas, excesso de velocidade e falta de utilização do cinto de segurança e dos sistemas de retenção.