Começam os preparativos para a visita do Papa Francisco às Filipinas. Ruas enfeitadas, desvios do trânsito, medidas de segurança e muitos polícias. Para a visita do Papa, as fardas estarão bem engomadas, as botas engraxadas e as fraldas bem apertadas. Sim, leu bem, vão ser 2.000 polícias de trânsito, com olhos atentos, que não poderão sair dos seus postos durante 24 horas e, por isso, usarão fraldas para adultos para que não haja interrupções no trabalho.

Os polícias estarão de serviço de 15 a 19 de janeiro, fazendo turnos de 24 horas e terão sido aconselhados pelo comando da polícia de Manila a usar fraldas, conta o South China Morning Post. Iniciativa que foi “bem recebida” pelas autoridades, explicou o presidente da corporação.

Como é normal nestas ocasiões todos os procedimentos serão testados antes da chegada do Papa e, por isso, esta sexta-feira 800 polícias estarão a postos com o uniforme completo durante 24 horas, na procissão da Nazaré Negra – milhares de católicos caminham descalços rumo a uma figura de Jesus Cristo.

As autoridades começam a dar alguns conselhos e alertas à população que pretende estar presente na missa celebrada pelo Papa. E, entre eles, está mais uma vez o uso de fraldas. Primeiro porque não deve haver casas de banho portáteis que satisfaçam toda a gente, e depois porque… “se estiver a assistir ao evento que durará 24 horas, não poderá andar à procura de casas de banho”, alertou o chefe da polícia.

Já o próprio prefere adotar outra tática: “Eu vou tentar, mas no meu caso, hidratar-me-ei menos.”