Alexis Tsipras conseguiu. Por pouco, não alcançou a maioria absoluta. Com a vitória do Syriza nas eleições legislativas na Grécia, no passado domingo, todos os olhos do mundo ficaram apontados para a península balcânica. Os resultados destas eleições, escrevem muitos jornais, vão ter impacto pela Europa toda.

Quase todos os jornais britânicos lembram o impacto que o resultado destas eleições vai ter na União Europeia, numa altura em David Cameron ainda não largou a ideia de referendar a posição do Reino Unido.

O Wall Street Journal e o Financial Times falam em “terramoto” e “rota de colisão” com a Europa. A questão se Alexis Tsipras irá levar para a frente a ideia de “sair do euro” e “renegociar a dívida” é uma das mais debatidas. Os primeiros resultados ainda vão demorar alguns dias a chegar. Entretanto, Tsipras vai ter de fazer um acordo de coligação com outro partido para conseguir governar o país.

Em Espanha e Portugal, países diretamente afetados pela crise económica que assombra a Europa desde 2011, alguns jornais falam num “virar de página” e desafios à Troika. Vem aí um período de agitação na Europa, escreve o El País. Veja as capas desta manhã e anote as leituras que são feitas.