O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, anunciou hoje, na sua conta Twitter, uma reunião extraordinária do fórum dos ministros das Finanças da zona euro para quarta-feira, dia 11, para debater a questão da Grécia.

A reunião, marcada para as 17h30, em Bruxelas, tem lugar na véspera de um Conselho Europeu informal.

Entretanto, esta manhã em Berlim o porta-voz do ministro das Finanças alemão pediu um plano concreto ao Governo grego para antes da reunião do Eurogrupo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

As ondas de choque do turbilhão grego chegaram já à Finlândia: os Verdadeiros Finlandeses desafiaram o atual Governo – que vai a votos dentro de meses – a explicar a sua posição sobre as pretensões gregas, pressionando um “não” a qualquer apoio a Atenas.

Em Espanha, foi convocada para Barcelona uma concentração de apoio a Tsipras – seguindo a que se realizou na quinta-feira na Praça Sintagma, em Atenas.