“No fim, temos de negociar”. Com esta frase o Secretário de Estado norte-americano, John Kerry admitiu que os Estados Unidos estão empenhados em dialogar com o presidente sírio Bashar al-Assad para colocar um ponto final na guerra na Síria.

Numa entrevista à CBS News, citada pela Associated Press, John Kerry disse que os EUA estão a tentar que Assad discuta de forma séria uma estratégia de transição para terminar o conflito que se arrasta há quatro anos. “Estamos a tentar que ele faça isso”, afirmou o Secretário de Estado, que classificou a guerra como “uma das piores tragédias que qualquer um de nós já viu”.  

John Kerry admitiu que existem negociações a decorrer com a oposição moderada síria e que a via diplomática é a que está a ser seguida: “temos conversado com vários ‘players’ determinantes nesta tragédia”. Kerry disse que os EUA estão a fazer um esforço para encontrar uma solução política que ponha fim ao conflito.

A guerra na Síria já terá custado a vida a mais de 215 mil pessoas.