“Ai Jesus”, no Benfica. No Sporting. No Benfica. No Sporting. Com a águia Vitória na Luz. Ou aos pulos com Bruno Carvalho e a mascote Jubas. Num segundo, a querer fazer parte da história do glorioso – no outro, a querer acordar o leão adormecido. E nem a banda sonora é indiferente à cor: mixes há muitos, mas já pensou num que junte o hino dos vermelhos ao dos verdes?

“Este ano a Supertaça vai ser um ‘ai Jesus'”. Diz o locutor da RTP no final dos 46 segundos com que quis promover o jogo de 9 de agosto, o dia em que Benfica e Sporting se defrontam pela primeira vez desde que Jorge Jesus trocou de camisola. Mas nisto estão unidos: o vídeo de promoção tinha de ser retirado do ar, ou seja, da televisão. E foi. Mas já ouviu falar no Youtube?

Conta o Correio da Manhã (CM) que fonte da RTP garantiu que a estação pública não cedeu às exigências dos clubes e que o vídeo deixou de passar no dia em que estava previsto. Mas o que é certo é que não deixou ninguém indiferente.

O Sporting terá enviado cartas ao presidente da Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC), ao presidente da RTP e ao ministro da Presidência a manifestar-se contra a promoção e acusando a RTP de “manipular as emoções e os instintos mais primários dos adeptos de uma forma manifestamente perigosa”, escreve o jornal na sua edição de segunda-feira.

Já o Benfica e a Federação Portuguesa terão dito que o vídeo “não espelhava o que deve ser o futebol: amizade, rivalidade, festa e emoção do jogo”. No canal promocional da RTP no Youtube, o vídeo de autoria de Gonçalo Morais Leitão, criativo contratado em abril pela nova administração da RTP, conta com mais de 25 mil visualizações.

A nova promoção do jogo da Supertaça foi para o ar na última quinta-feira e chama-se agora “Benfica – Sporting: o maior cliché do futebol português, que mostra adeptos e jogadores dos dois clubes. O vídeo ainda não estava disponível no Youtube às 08h30 da manhã desta sexta-feira.

A promoção ao jogo termina com uma imagem de um adepto do Benfica a dizer ao novo treinador do clube, Rui Vitória: “Tu és capaz! Tu és capaz!”