Em lados opostos da cama, entrelaçados ou em conchinha. A forma como adormece na cama com a sua cara metade pode ser um retrato da relação e pode, inclusivamente, ilustrar o que um sente pelo outro. Porque a cama não deixa de proporcionar um momento íntimo, além de ser um local de descanso e de partilha. Não representa apenas o fim do dia, mas também o reencontro de namorados e namoradas, de maridos e mulheres, depois de horas separados.

Sem querer mandar o leitor para a cama muito cedo num sábado à noite, é possível que se reveja em algumas das ilustrações. Caso durma entrelaçado com ele ou ela é porque, muito provavelmente, está no início de uma relação. E não, dormir de costas voltadas um para o outro não é sinónimo de distância, antes de um equilíbrio bem conseguido entre intimidade e independência.

Para esclarecer dúvidas e despertar curiosidade, em fotogaleria estão ilustrações que representam dez posições que os casais adotam na hora de ir dormir, criadas com a ajuda do site Mind Body Green que compilou informações de psicólogos, terapeutas e conselheiros matrimoniais para o efeito.