A temporada 10 de “The X-Files: Ficheiros Secretos” chegou ao fim, mas não exatamente. À semelhança das outras temporadas, o último episódio deixa espaço não só para a imaginação dos espetadores mas também para a continuação desta série de culto.

O criador da série, Chris Carter, confirmou ao The New York Times que Fox Mulder e Dana Scully irão regressar ao pequeno ecrã: “Não sei como ou quando (…) mas as audiências foram tão boas que a série irá regressar de uma forma ou de outra”. Os fãs mais ansiosos podem contar com a publicação de dois novos livros já no próximo ano.

Chris Carter só agora falou do regresso da série por ter tido um bom feedback dos executivos da Fox. Sem entrar em mais pormenores, o autor das personagens e da história adianta que não sabe quando será anunciada a nova temporada, até porque “não existe nada escrito”, mas existe disponibilidade para avançar para a temporada 11 de “The X-Files: Ficheiros Secretos”.

O regresso desta série foi dos eventos mais aguardados dos últimos anos em televisão, registando um considerável sucesso de audiências. O último episódio foi o programa mais visto da noite em que foi transmitido, nos Estados Unidos.

Até chegarem mais episódios, serão publicados mais dois romances. Os livros têm como título em inglês Agents of Chaos e Devil’s Advocate e fazem parte de uma coleção com o nome The X-Files Origins. Os seguidores poderão ler a história da adolescência das personagens principais: Dana Scully e Fox Mulder. Ficaremos a perceber que acontecimentos os levaram a seguir uma carreira no FBI.

Agents of Chaos, que será escrito por Kami Garcia, vai centrar-se em Fox Mulder com 17 anos. E Devil´s Advocate será escrito por Jonathan Maberry e a sua história revela uma Dana Scully com 15 anos.

Segundo o editor Erin Stein da Imprint, estes livros darão aos seguidores de “The X-Files” a oportunidade de “conhecer as histórias originais das personagens”. “Por que razão Mulder se tornou um crente? E por que é que Scully se tornou uma cética?”.

Os livros têm a data de publicação prevista para janeiro de 2017.