Desde a morte de David Bowie, o mundo da música tem-se desdobrado em homenagens e tributos – nos Grammys foi Lady Gaga, nos Brit Awards foi a vez da neozelandesa Lorde interpretar um dos muitos sucessos do camaleão do rock.

Em concreto, a cantora de 19 anos, cantou “Life On Mars”, apoiada por alguns músicos que acompanharam Bowie durante a sua carreira. Num cenário bastante visual, que se centrou na figura de David Bowie, a versão de Lorde, de uma música escrita 35 anos antes de ter nascido, já reuniu muitos elogios, conta o Telegraph.

8 fotos

https://www.youtube.com/watch?v=zGWv4-i8OtU

Mas antes, a cantora escocesa e antiga vocalista dos Eurythmics, Annie Lenox, dedicou um discurso emocionado em memória do falecido músico britânico. Entre outras coisas, Lenox diz que “é quase impossível para mim falar de Bowie no passado”, até porque “tudo o que ele representa é vital e incrivelmente presente”:

(Vídeo em inglês)

https://www.youtube.com/watch?v=Xd-1yuBbYho