“A RTP sabe que o famoso chefe de cozinha quer abrir um restaurante em Lisboa nos próximos tempos.” As palavras foram estas, e surgiram sem aviso prévio, a fechar uma peça emitida no final do Telejornal desta quinta-feira, 1 de dezembro, a propósito do recente lançamento do livro “As Receitas de Natal de Jamie Oliver” (edição portuguesa da Porto Editora).

Fonte próxima deste processo confirmou, entretanto, a notícia ao Observador. Segundo esta, Jamie Oliver planeia, de facto, abrir um restaurante em Lisboa “nos próximos 18 meses.” Já terá, inclusive, um parceiro local com quem estará à procura de um espaço para acolher o projeto. Quando abrir portas será o concretizar de um desejo antigo, que o chef confessara à TVI em 2014.

Oliver, de 41 anos, conhecido sobretudo pelos programas de culinária que apresenta há mais de uma década, tem ultimamente abraçado a causa da comida saudável para uma vida longa. Abriu o seu primeiro restaurante, Fifteen, em 2002, em Londres, e tem vindo a apostar na internacionalização de outra das suas marcas, Jamie‘s Italian, dedicada à cozinha de inspiração italiana. O grupo está presente em países como o Canadá, Austrália, Brasil ou Nova Zelândia, entre outros, em regime de franchising.

Será esse o restaurante que Jamie Oliver quererá trazer até Lisboa? Não se sabe, para já. Seja como for, resta esperar que não se lembre de fazer bacalhau à Brás. Nem paella.

*Artigo atualizado às 16h com a confirmação por parte de fonte próxima do processo.